Atualmente, ter uma certificação da Microsoft é de extrema importância para aqueles que atuam na área de TI, além de ser de uma empresa mundialmente reconhecida, é uma das oito certificações mais valorizadas dentro deste ramo.

Com o mercado cada vez mais competitivo, possuir somente graduação não é pré-requisito para conseguir bons empregos. Os profissionais que possuem certificações, têm chances cada vez maiores de conseguirem melhores empregos com remunerações mais atrativas, ou promoções. A estimativa para o Brasil é de grande crescimento e oportunidades em TI para os próximos anos, portanto saber se destacar é essencial e uma boa maneira é através de certificados.

Para quem a MCSA é indicada?

A Microsoft Certified Solutions Associate (MCSA), é ideal para aqueles que procuram empregos de nível júnior. Ela fornece conhecimentos mais elaborados que o MTA, sendo também um pré requisito para aqueles que almejam tirar certificações mais avançadas.


Escolhendo o exame

  O primeiro passo rumo à sua certificação, é escolher qual tecnologia quer estudar, pois são oferecidos diferentes certificações dependendo da área de conhecimento que você quer. Depois de escolhido, vale a pena entrar no site da própria Microsoft  para ver quais exames terá que realizar. Para cada exame existe uma relação de conteúdo e habilidades que serão cobradas. Foque em dominar a área de seu interesse, só depois pense em passar nas provas.


Como estudar? Onde achar material de estudo?

Um ótimo aliado para os seus estudos é o Microsoft Virtual Academy, uma ferramenta criada pela própria marca, contendo diversos cursos com o intuito de ajudar durante o processo de tiragem da certificação. Saber ao menos ler em inglês é um diferencial, pois os materiais mais completos são nesse idioma.

Para aqueles que preferem aprender com artigos físicos, existe os livros oficiais dos exames, que podem ser encontrados em diversas livrarias. Porém, as vezes você terá que ler e fazer os treinamentos ao  mesmo tempo, o que pode trazer uma certa dificuldade para alguns. Através do Technet Virtual Labs da Microsoft, é possível criar laboratórios com todas as especificações necessárias.

  É altamente recomendado que se realize vários simulados, por meio deles será possível identificar seus principais erros, além de aumentar em torno de 30% suas chances de aprovação. Você pode encontrar vários deles procurando em sites de busca.


Curso presencial vale a pena?

  Uma outra opção bastante recomendada, são os cursos presenciais. Profissionais capacitados e com experiência no produto serão um enorme atalho, além de dicas valiosas para serem lembradas na hora da prova. Embora sejam parecidos, os laboratórios virtuais acabam se diferenciando das experiências do dia a dia, portanto ter uma pessoa habilitada para te passar todos os macetes práticos pode ser uma boa alternativa.

  Os cursos favorecem a manter a rotina e na criação de disciplina, pois ter que estar em um lugar físico em determinado horário pode incrementar a sua dedicação ao estudo. Além disso, tanto as aulas quanto o material de estudo são em português, o que é uma grande ajuda para aqueles que não dominam o inglês.

Outra grande vantagem é a facilidade na hora de tirar suas dúvidas, já que estará com o professor ao seu lado. Esse ambiente também é ideal para fazer o networking com alunos e professores, podendo trazer indicações para cargos ou futuras parcerias comerciais.


Como marcar a prova?  

Depois de meses de preparo, está se sentindo apto à realizar? Ótimo!

  Para realizar a prova, é necessário agendamento. Você pode ir direto no site da Pearson Vue, por enquanto ele está em Inglês, sem tradução para o Português, mas é possível escolher em qual idioma prefere realizar a prova. É preciso criar uma conta e seguir os passos para marcar. Apesar de não ser difícil, para os que precisam de ajuda, basta entrar em contato com um centro autorizado da  Microsoft e fazer a marcação da data por meio deles. São dezenas de parceiros espalhados pelo Brasil. O custo da prova é de US$165,00.


Como é o exame?

  O número de questões varia entre 40 a 60, podendo esse número mudar de acordo com as alterações tecnológicas da Microsoft.

  Já sobre a questão do tempo, cada tipo de exame possui o seu próprio. Alguns possuem 50 minutos para a realização, outros por volta de 180 minutos.

  Perguntas chamadas de “domínio do objetivo” serão a base do exame. As seções que irão  medir a sua habilidade crítica e/ou habilidades que serão usadas com mais frequência conterão perguntas, do que as que avaliam aptidões menos importantes, ou aquelas que são realizadas com menor constância.

  Minutos após a finalização, você saberá se foi aprovado ou não. Além disso, receberá um relatório impresso com a pontuação alcançada e comentário sobre as habilidades que foram avaliadas.


Não passei e agora?

Pode acontecer por diversos motivos dos alunos não passarem na primeira tentativa. Pensando nisso, a Microsoft criou o Exam Replay , uma segunda oportunidade de fazer o exame e o Exam Replay Plus, que conta com até duas tentativas, além de uma oportunidade de poder realizar o teste prático mais uma vez.

Os Vouchers têm validade de seis meses, custam $230 Dólares e podem adquiridos pelo site da marca.


Motivos para fazer?

  Tirar certificações é uma ótima maneira de aprofundar seus conhecimentos em determinado assuntos e sobretudo estudar.

  As vantagens profissionais são grandes, pois comprova suas habilidades e domínios na área escolhida do determinado fabricante.

  Segundo pesquisas da Microsoft, 23% dos profissionais certificados por eles costumam tem um aumento de 20% dos seus salários. Sendo também colocados para gerenciarem suas equipes o que os coloca mais perto de futuras promoções.

  Para os que têm a vontade de morar fora, mas não sabem com o dar o primeiro passo, essa pode ser uma boa alternativa. Todas as certificações da Microsoft são aceitas mundialmente.


Este post tem um comentário

  1. Amei as explicações!! O passo a passo está maravilhoso e bem explicativo!! Parabéns!!!

Deixe uma resposta

Fechar Menu